sábado, 10 de setembro de 2011

O italiano botafoguense


Um pequeno giro pelo Mundo para mostrar o inestimável valor da nossa instituição, o quão precioso é o nosso patrimônio é o quão fascinante é a nossa estrela e história.  

Kelly e Kenia são duas encantadoras botafoguenses de São João Del Rey, Minas Gerais.
Kelly é irmã gêmea da Kenia.
Kenia namora o italiano Roberto. 
Roberto é irmão de Emanuele. 
Emanuele é casado com Maria. 
(sim, Emanuele é nome comum de homem na Itália) 
Maria tem um irmão que também se chama Emanuele. Emanuele Bordi.

No meio dessa confusão, entre a ponte aérea Brasil-Itália e o bololô de cunhados e concunhados, Kelly e Kenia conheceram Emanuele Bordi (o segundo Emanuele, concunhado do cunhado da Kelly). Bordi é italiano genuíno de Roma. Descobriu o Botafogo através de um amigo brasileiro e ficou fascinado com a história do clube da estrela solitária e do nosso eterno Mané Garrincha. Mais um escolhido. Virou botafoguense e hoje em dia anda orgulhoso pelas ruas de Roma com a camisa do Fogão.

Emanuele com certeza não está sozinho. Ontem e hoje, desde 1958, muitos europeus tradicionalmente tornam-se admiradores do futebol brasileiro. E como não se apaixonar pela genialidade de Mané Garrincha? 

Segue a foto desse encontro entre as botafoguenses brasileiras e o italiano botafoguense:

Sim, estamos muito bem representados na Itália!

Um comentário:

  1. Realmente, o Botafogo sabe escolher bem as torcedoras. Que beleza!

    ResponderExcluir