quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Imprensa in Loco!!

Uma amiga formada em letras disse certa vez que Jornalismo deveria ser pós-graduação e não graduação. Hoje em dia vemos mais uma extinção do jornalismo propriamente dito e mais uma alienação de jornalistas. Não entenderam? Vou explicar:

Para cortar custos, aceita-se profissionais menos competentes e mais baratos para cobrir matérias e escrever notícias. Esquecem-se de que interpretação é fundamental não só para o jornalista mas para qualquer profissional. No caso do jornalismo além da interpretação, a gramática, ortografia e todos os elementos que compõe nossa língua.

Eu não sou formado em jornalismo nem sou jornalista por natureza. Não conheço os macetes nem tenho contatos. Mas sei interpretar muito bem as coisas. Mas porque estou falando isso? Esse lero-lero que rolou a semana toda entre Joel e Loco, não tem a menor coerência. Pareceu mais falta de assunto do que matéria. Parece que após o caso Bruno, a imprensa está caçando mais coisa. Antes do campeonato começar pegaram no pé do somália (que cometeu um delito, sim), mas fizeram daquilo uma coisa muito mais grandiosa do que realmente era. Agora a troca de ideias entre Loco e Joel que tem rolado (desde o ano passado), se tornou discussão(só na cabecinha de alguns infelizes, que infelizmente trabalham em veículos de comunicação em massa).

Censura pra mim é um crime maior do que um migué para não tomar bronca no trabalho. Então ai vai a charge que foi censurada no blog do Zé Fogareiro hoje!




Só fiz esse post pra isso mesmo. Hoje é quarta, tem jogo contra o madureira, dia de goleada alvinegra! Só falta saber quem vai fazer o gol mais bonito! Acho que o Herrera vai vir com fome!

Newton de Lima é um Glorioso WebDesigner, apaixonado por futebol e Alvinegro de coração. Peladeiro nos finais de semana, teve que deixar os gramados pelo amor à cerveja, contentando-se assim com o eterno amor ao time da Estrela Solitária. Escreverei aqui sobre a paixão de ser alvinegro, lembrando sempre que o amor anda de mãos dadas com o ódio.

2 comentários: