quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Arrancada Final

Chegamos à 32ª rodada com chances reais de Libertadores e matemáticas de título.

A "Arrancada Final" em busca do Bicampeonato não pode mais esperar. A receita? Vencer todos os 7 jogos restantes e torcer para os nossos adversários nos "ajudarem". Difícil, é. Deixamos escapar pontos preciosos na complicada sequencia de 8 empates consecutivos e eles podem nos fazer falta. Mas ainda há tempo e a tabela do Brasileirão poderá nos ajudar.

Amanhã será o próximo passo. Para quem busca ainda o título, vencer o Atlético-MG, mesmo jogando fora de casa terá que ser prioridade. O Flamengo já conseguiu segurar o empate diante do Corinthians quarta-feira e a distância para o time paulista poderá diminuir. O Fluminense já venceu essa rodada e provavelmente o Cruzeiro também vencerá. Então, a vitória nos manterá a 6 pontos dos líderes. Lembrando que, a vitória diante do Galo fará com que a nossa diferença em relação a Grêmio, Atlético-PR e São Paulo (nossos adversários diretos na briga pela 4ª vaga da Libertadores) aumente para 4 pontos.

Nossa sequencia é considerada a mais fácil dos que estão brigando na parte de cima, porém devemos ter cuidado. Enfrentaremos times que estão brigando para não serem rebaixados. Serão partidas bem complicadas, a começar pelo Atlético-MG lá na Arena do Jacaré. Na sequencia teremos: Atlético-GO (Engenhão), Avaí (Ressacada), Ceará (Castelão), Internacional (Engenhão), Prudente (Engenhão) e Grêmio (Olímpico).

Na teoria, a última partida é a mais complicada. Não é fácil enfrentar o Grêmio em Porto Alegre. Atlético-MG, Avaí e Ceará jogando em seus estádios são adversários duros de enfrentar. Mas são jogos possíveis de ganhar. Jogando em casa, é obrigação vencermos Atlético-GO, Internacional e Prudente. Resumindo: vencendo todas as partidas, há sim grandes chances de nos sagrarmos campeões. O caminho não é fácil, mas ainda dá.

Chegamos ao ponto mais complicado do texto. Independetemente de quem estiver em campo a hora agora é de APOIAR. É complicado ver o Lucio Flavio andando em campo? É. Ter o Fahel como titular dá vontade de chorar? Dá. Mas não é a hora de pensar nisso. Infelizmente tivemos muitas contusões. A saída de Maicosuel foi a mais dolorida para o time. Sentiu-se muito em campo a falta de um jogador que desse a velocidade que jogadores como Abreu e Jobson precisam. Fábio Ferreira, que estava em ótima fase, também não volta mais. E o sempre brigador, Herrera, também está fazendo uma falta enorme. Ele o Abreu conseguiam se entender muito bem. Porém, não é hora para lamentações.

Lucio Flavio vai a campo. Com a lesão do Marcelo Cordeiro, Somália será recuado para a lateral e Fahel voltará ao meio (isso tudo se o Joel seguir o que ele vem trabalhando). Alessandro também estará no time, ou seja, muito pouca coisa vai mudar nestes últimos jogos E mesmo com a promessa dessas próximas 7 rodadas nos levar muitas vezes à loucura, é comprovado que, com o apoio da torcida, o time consegue êxito. Então, a hora é de levantar a cabeça e mostrar para todos que aqui existe a torcida mais apaixonada do Brasil e que é com a ajuda dela que esse time será Campeão Brasileiro.

A Libertadores, será consequencia. Pensar para cima e positivo é o que deverá reger não só a nossa torcida, mas também os jogadores e comissão técnica. Não há nada mais gratificante do que recolocar o alvinegro no topo. Eu só desistirei deste título quando os números falarem que realmente não dá mais. Se nós não acreditarmos, quem mais irá?
Então vamos firmes para Minas, em busca de mais 3 pontos para compor nossa "Arrancada Final". Ainda dá. Pra cima deles Fogooo!

Saudações alvinegras todoos ;*

Um comentário:

  1. Parabéns pela postagem... foi excelente ver como é importante ter torcedores iguais a você!ÔoÔoÔoÔÔÔ Vamo pra cima deles Fogogo0o0o0o! @DouglasDomingos

    ResponderExcluir