quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Os números indicam


"Ela está dizendo que só faltam 5, pessoal!"


"there's a common consensus and an uncomfortable cheer
a reverberating chorus that anyone can hear"


Eu não acreditava. Aliás, confesso, têm horas que eu não sei nem o que eu penso. Olho para a tabela e falo: "é pouco". Confiro os jogos e penso: "putz, vai ser complicado". Assim vou tentando matar os dias que antecedem o domingo onde enfrentaremos o Avaí e atualizaremos não somente a tabela, mas, principalmente, o nosso estado mental.

Então, vamos sonhar com a calculadora na mão?

No ano passado, com aquela luta inglória, eu comecei uma série chamada "o nosso campeonato", onde eu isolava os times que disputavam conosco uma permanência na série A. Agora, claro, a luta é outra.

O procedimento é simples: o "último time" da classificação desse campeonato particular tem 0 pontos. A partir daí, diminui-se a quantidade de pontos dos times seguintes dos pontos "de verdade" desse "último colocado". Bem, vendo a tabela fica mais fácil.

Classificação

Fluminense 8
Corinthians 7
Cruzeiro 7
Botafogo 4

Lá atrás estão cinco times:

Santos 0
Internacional 0
São Paulo 0
Atlético/PR 0
Grêmio 0

Um modo de comparar os jogos de cada time é classificando o aproveitamento dos seus adversários. Embora, claro, existam alguns times em fase ascendente e descendente, é válido analisar o que cada um dos times conquistou até aqui. Sendo assim, inspirado na NBA, eu peguei o aproveitamento de cada adversário dos times do nosso campeonato e fiz uma média para descobrir quem terá a tabela mais difícil. Vejam vocês:

Fluminense - 42,24% (Vasco (N), Goiás (C), São Paulo (F), Palmeiras (C), Guarani (C))
Cruzeiro - 45,88% (Vitória (F), Corinthians (F), Vasco (C), Flamengo (F), Palmeiras (C))
Corinthians - 44,66% (São Paulo (F), Cruzeiro (C), Vitória (C), Vasco (C), Goiás (F))
Botafogo - 41,2% (Avaí (F), Ceará (F), Internacional (C), Grêmio Prudente (C), Grêmio (F))

Há, também, mais um critério para avaliar um time: a sua sequência de resultados. Vamos pegar, então, os seus últimos cinco jogos:

Fluminense - 6P - 1v 3e 1d 4GP 5GC 40%
Aproveitamento médio dos cinco adversários - 52,72%
Cruzeiro 1 x 0 F
Botafogo 0 x 0 F
Atlético/PR 2 x 2 F
Grêmio 0 x 2 C
Internacional 0 x 0 F

Cruzeiro - 6P - 2v 3d 7GP 9GC 40%
Aproveitamento médio dos cinco adversários - 44,46%
Fluminense 0 x 1 C
Grêmio 2 x 1 F
Atlético/MG 4 x 3 C
Grêmio Prudente 0 x 2 F
São Paulo 2 x 0 C

Corinthians - 8P - 2v 2e 1d 9GP 5GC 53%
Aproveitamento médio dos cinco adversários - 38,4%
Atlético/GO 4 x 3 C
Guarani 0 x 0 F
Palmeiras 0 x 1 C
Flamengo 1 x 1 F
Avaí 0 x 4 C

Botafogo - 11P - 3v 2e 6GP 2GC 73%
Aproveitamento médio dos cinco adversários - 43,26%
0 x 0 Palmeiras C
Fluminense 0 x 0 C
Vitória 0 x 1 C
Atlético/MG 0 x 2 F
Atlético/GO 2 x 3 C

O Botafogo, obviamente, está em melhor fase, tendo 73% de aproveitamento nos últimos jogos, bem acima dos outros três concorrentes. Um critério que eu uso para definir se o time está em uma fase crescente é pegar o aproveitamento do período e comparar com o aproveitamento de todo o campeonato. Se o estiver maior, é sinal de que o time está evoluindo, caso contrário, é bom começar a se preocupar. Sendo assim, apenas o Botafogo está em evolução.

Um outro número que impressiona é em relação ao Cruzeiro. A dificuldade dos adversários é bem próxima a dos nossos (44,46% x 43,26%), entretanto, eles tiveram um péssimo aproveitamento (40%), o menor entre os quatro que disputam lá em cima. O Fluminense teve o mesmo desempenho, entretanto, enfrentou apenas times da metade superior da tabela e com mais de 50% dos pontos conquistados.

Vamos, então, aos jogos restantes:

34ª rodada

Avaí x Botafogo
São Paulo x Corinthians
Vitória x Cruzeiro
Fluminense x Vasco

35ª rodada

Ceará x Botafogo
Corinthians x Cruzeiro
Internacional x Avaí

36ª rodada

São Paulo x Fluminense
Cruzeiro x Vasco
Botafogo x Internacional
Vitória x Corinthians

37ª rodada

Corinthians x Vasco
Flamengo x Cruzeiro
Palmeiras x Fluminense
Botafogo x Grêmio Prudente

38ª rodada

Grêmio x Botafogo
Goiás x Corinthians
Cruzeiro x Palmeiras
Fluminense x Guarani

Enrolei, enrolei e poderia ter dito assim: "podemos acreditar, pessoal!"


OBS: Foto de Pavel Krukov


Thiago Pinheiro escreverá aqui ocasionalmente textos iguais a esse falando sobre a relação torcedor-clube e, também sobre política e finanças do Botafogo. É sócio-proprietário e lançou o livro "Botafogo - Muito Mais que um Clube".



Compartilhe |

2 comentários:

  1. Muito legal essa idéia dos aproveitamentos.
    Eu fiz um aqui um pouco mais simples, somente "chutando" a dificuldade de cada adversário em valores 1, 2 ou 3 (3 é difícil)

    somei até o fim do campeonato e as dificuldades ficaram:

    Fluminense = 8
    Cruzeiro = 11
    Corinthians = 9
    Botafogo = 9

    Realmente o Cruzeiro é a "bola da vez" o time se desencontrou nas ultimas rodadas...

    ResponderExcluir
  2. Cara, você com otimismo? Isso atrapalha.

    Negócio é xingar Natalino, Leandro Guerreiro, Lúcio Flávio, aplaudir o Fahel e ver no que dá.

    ResponderExcluir