quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Gloriosa Loucura


Crédito da foto: blablagol.com.br
Havia tempos a torcida do Glorioso não sabia o que era amar um jogador. Havia tempos a torcida Alvinegra carioca não sabia o que era gritar e clamar um ídolo com vontade.

E eis que surge um Louco. Um Louco cheio de superstições como o velho lobo Zagallo. Apaixonado pela mística do número treze. Um Louco que usa sempre o mesmo chuveiro e senta sempre na mesma mesa.
Esse Louco não nos encanta somente pela sua força e dedicação dentro de campo, mas também pela hombridade fora dele, pela inteligência que poucos jogadores têm, pela visão de trabalho em grupo, pela altura de um épico herói de Homero, pela invencibilidade de um profeta, pela semelhança com um escolhido, por ser um homem de família, enfim, por ser tudo aquilo, que somente os ídolos são.

Em campo, ele pouco toca na bola, mas ficamos todos esperando o que ele vai aprontar. Cria-se uma esperança tal qual temos num espetáculo em que esperamos o Gran Finale. A Magia que vai levar todos à loucura.

Ele não é só um ídolo, mas também é um líder. Ele orienta os companheiros, fazendo assim, com que todos que o cercam elevem-se e se tornem a "Turma do Loco". Herrera, Cordeiro, Edno, Alessandro, Jefferson... Todos se renderam ao jeito Loco de ser, e tendem a ser os sub-ídolos de uma geração vitoriosa. Porque mesmo sem levar o título, essa equipe é vencedora. Pra quem não lembra, no começo do ano, essa equipe levou 6 x 0 do vasco. E agora gladia-se com os outros ditos grandes Fluminense, Cruzeiro e Corinthians.

Apenas 6 pontos separam Os Gloriosos do título. São duas vitórias a mais que os líderes. Não é impossível. Ainda mais com um Louco à frente dos maluquinhos.

Vamos fogão, Rumo ao título, essa #ArrancadaFinal vai entrar pra história.

Newton de Lima é um Glorioso WebDesigner, apaixonado por futebol e Alvinegro de coração. Peladeiro nos finais de semana, teve que deixar os gramados pelo amor à cerveja, contentando-se assim com o eterno amor ao time da Estrela Solitária. Escreverei aqui sobre a paixão de ser alvinegro, lembrando sempre que o amor anda de mãos dadas com o ódio.

Um comentário:

  1. Fazia tempo que eu não sabia o que era ter um ídolo no BOTAFOGO! EL LOCO ABREU chegou e renovou as minhas esperanças com relação ao futuro do FOGÃO! ELE é ídolo, guerreiro, tem uma inteligência fora do normal, e enfim, é craque de bola! faz a diferença! avante FOGÃO! RUMO AO TÍTULO! #ArrancadaFinal #EuAcredito

    ResponderExcluir